Disney demite CEO em meio a crise e críticas a conteúdo LGBT

  • 22/11/2022
Disney demite CEO em meio a crise e críticas a conteúdo LGBT
Disney demite CEO em meio a crise e críticas a conteúdo LGBT (Foto: Reprodução)

A Disney demitiu seu CEO, Bob Chapek, em meio a um declínio financeiro e a críticas ao conteúdo LGBT introduzido nas produções infantis nos últimos anos.

No domingo (20), a Walt Disney anunciou que Bob Iger, ex-presidente-executivo da companhia e que já estava aposentado, retornou ao cargo para substituir Chapek.

Segundo a empresa, Iger volta para ajudar a empresa a passar pelo cenário atual desafiador. 

“O conselho concluiu que, à medida que a Disney embarca em um período cada vez mais complexo de transformação da indústria, Bob Iger está em uma posição única para liderar a empresa nesse período crucial”, afirmou a presidente do conselho, Susan Arnold.

Em 2021, Iger havia anunciado sua aposentadoria, depois de trabalhar como CEO de 2005 a 2020 e presidente executivo no seu último ano na companhia.

A mudança na liderança, que chocou o mercado, acontece após a Disney apresentar baixos resultados no quarto trimestre, com as ações caindo mais de 40% em 2022.

De acordo com o Faithwire, Bob Chapek teve um mandato tumultuado, tendo que lidar com crises financeiras e também com as críticas de cristãos e pais, que têm protestado contra o aumento de conteúdos LGBT no conteúdo da Disney.

Em junho deste ano, ele esteve em meio a uma polêmica, depois de criticar uma lei aprovada na Flórida, que proibiu os professores de ensinar identidade de gênero e orientação sexual na pré-escola até a terceira série.

Na época, Chapek prometeu ajudar nos esforçar para revogar a lei no estado. Em vídeos vazados, o CEO também prometeu aos seus funcionários LGBT em se tornar “um aliado melhor para a comunidade gay”.

Logo depois, A Disney Pixar lançou a animação Lightyear”, um filme sobre o Buzz Lightyear de “Toy Story”, que mostrou um beijo entre pessoas do mesmo sexo.

A empresa também anunciou o lançamento de "Mundo Estranho", seu primeiro romance adolescente abertamente gay, que estreia no cinema no dia 23 de novembro. 

FONTE: http://guiame.com.br/gospel/noticias/disney-demite-ceo-em-meio-crise-e-criticas-conteudo-lgbt.html


#Compartilhe

Aplicativos


Locutor no Ar

Peça Sua Música

Top 10

top1
1. Deus Proverá

Gabriela Gomes

top2
2. Algo Novo

Kemuel, Lukas Agustinho

top3
3. Aquieta Minh'alma

Ministério Zoe

top4
4. A Casa É Sua

Casa Worship

top5
5. Ninguém explica Deus

Preto No Branco

top6
6. Deus de Promessas

Davi Sacer

top7
7. Caminho no Deserto

Soraya Moraes

top8
8.

Midian Lima

top9
9. Lugar Secreto

Gabriela Rocha

top10
10. A Vitória Chegou

Aurelina Dourado


Anunciantes